Batalha Espiritual – Parte 1

Home / Ministrações de Célula / Batalha Espiritual – Parte 1

Estudo para Células – 10 a 16/07/2017

Estamos vivendo o final dos tempos. Satanás, nosso inimigo, sabe que o tempo e a hora de ser destruído estão chegando. No entanto, a batalha está cada vez maior e ele, como o nosso inimigo, tentará ludibriar o povo de Deus tanto quanto puder. Mais do que nunca, estamos no meio de uma grande batalha espiritual.

Quando temos consciência de quem somos em Cristo e como nos posicionamos no reino do espírito, obtemos vitórias. Mas quando ignoramos quem somos e o que podemos em Cristo, Satanás aproveita-se de nós e traz opressão.

Quando não detemos as forças de Satanás através das intercessões e batalha espiritual, estamos fadados a grandes fracassos. Muitas pessoas entram em verdadeiras crises, dificuldades familiares, financeiras e emocionais, porque não percebem que Satanás está em todo momento esperando apenas uma brecha para poder entrar.

Ignorar nosso inimigo é a arma mais letal que Satanás usa para nos confundir. Se ele fizer com que nós o ignoremos, não lutaremos contra ele, e, consequentemente, não o deteremos. Achar que Deus resolverá tudo sem que tenhamos uma postura de oração e guerra é uma atitude imatura e infantil. Deus nos deu armas para usarmos contra o nosso inimigo e destruí-lo.

Quando Deus apresentou Canaã ao povo de Israel, disse: ‘Esta é a terra, conquistai-a. Ela possui gigantes, mas vocês podem vencê-los’. Hoje não é diferente; temos uma terra a conquistar. No entanto, temos também gigantes que deverão ser vencidos através da oração e da batalha espiritual.

Precisamos entender quem somos em Cristo, o que já foi conquistado para nós e o que podemos estabelecer aqui na Terra tendo vitórias nas lutas espirituais. “Quanto ao mais, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder.” (Efésios 6:10)

Deus é estrategista

Se você crê que o inimigo é perito em colocar ciladas, deve crer que nosso Deus é estrategista em dar livramentos, graça e vitórias para Seus filhos. A nossa luta não é contra as pessoas que conhecemos, não é humana; é espiritual. Por trás de cada situação no reino físico, há uma regência espiritual.

“… o Pai nos tirou do império das trevas, e nos transportou para o reino do seu Filho amado; em quem temos a redenção, a saber, a remissão dos pecados; o qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; porque nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades; tudo foi criado por ele e para ele. Ele é antes de todas as coisas, e nele subsistem todas as coisas.” (Colossenses 1:13-17)

Jesus possui o governo sobre tudo, tanto no mundo espiritual como no mundo físico. Você precisa acreditar nessa verdade. Crer no governo de Jesus. O Reino espiritual tem uma liderança: Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo. Essa é a organização maior. Então, segue-se uma hierarquia: querubins, serafins, anjos e arcanjos. O Salmo 91:11,12 diz que os anjos estão segurando-nos para que o nosso pé nem sequer tropece:

“Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos. Eles te susterão nas suas mãos, para que não tropeces em alguma pedra.”

Isso significa que temos todos os livramentos do Senhor, porque há anjos específicos só para nos livrar de cair. Esses mesmos anjos fazem acampamentos ao nosso redor. Já imaginou quantos anjos ficam acampados quando a Igreja se reúne num local? Tudo isso porque Satanás liberou um demônio para tentá-lo, mas o Senhor liberou organizações de anjos para cuidar de você e dar ordem a seu respeito para que seu pé não tropece em alguma pedra. O complô do livramento está montado.

O texto de Colossenses acima citado mostra que Jesus é o Senhor e tem o governo de tudo. Porém, para que Jesus tenha prioridade na sua vida e total liberdade de agir, Ele precisa ser mais do que Salvador; Ele precisa ser, de fato, o seu Senhor.

Jesus, a Estrela da Manhã

Nenhum de nós precisa andar em trevas, porque a Luz do Mundo já mora dentro de nós e ela nos guia pela vereda do justo. A Bíblia diz que o justo tem lâmpada até nos pés. “Lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para o meu caminho.” (Salmos 119:105). Nossos pés estão acesos para andarmos na luz e não palmilhar nas trevas.

Em Apocalipse 1:15, lemos que até os pés de Jesus brilham como luz. E aí vemos como são formosos os pés daqueles que anunciam coisas boas (Isaías 52:7), porque os pés estão sendo conduzidos na luz. “Calçados os vossos pés na preparação do Evangelho da paz” (Efésios 6:15). Por onde você andar, tem de se manifestar a luz do Senhor, pois os seus pés estão levando o Evangelho da paz.

Somos um templo inviolável

Lembre-se de que o próprio Deus habita em você, por isso você pode se manter firme. “Não sabeis vós que sois templo de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o santuário de Deus, Deus o destruirá; porque sagrado é o santuário de Deus, que sois vós” (I Coríntios 3:16-17)

Aqui na Terra, somos o ‘templo ambulante’ de Deus e, aonde chegamos, a bênção, o poder e a vida se manifestam, pois Jesus é entronizado por intermédio das nossas vidas. Ao nosso redor, estão os anjos do Senhor; ao derredor, estão os demônios. Porém, existe uma verdade maravilhosa: dentro de nós, habita o Espírito Santo.

Para os demônios nos atingirem, eles precisam passar pela guarda que o Senhor montou e deverão enfrentar o Espírito Santo. Então, percebemos que só somos flechados ou caímos se abrimos as brechas. É por isso que precisamos vigiar, pois da parte de Deus toda estrutura de livramento já está montada.

Na semana que vem, estudaremos sobre as três organizações que o inimigo quer copiar